HOME O PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA MINHA SAÚDE PERGUNTE AO ESPECIALISTA LOCALIZADOR DE FARMÁCIAS PERGUNTAS E RESPOSTAS   COMPARTILHE        
  LOGIN | CADASTRO

09/12/2019

Sabe quando você sente o cheiro de algo e, imediatamente, começa a espirrar? Isso pode ser rinite. O nariz é a porta de entrada do ar para os nossos pulmões. O problema é que, ao respirar, acabamos por inalar algumas impurezas.1

Vamos descobrir o que é e como agir diante desse caso?

O que é rinite e quais são seus sintomas?

Rinite é uma inflamação ou disfunção da mucosa nasal, ou seja, das "paredes" do nariz. Essa irritação pode ser desencadeada por diversos motivos, como veremos mais abaixo.1

Atualmente, 20 a 25% da população mundial sofre de rinite e, embora seja considerada de menor gravidade, é uma das principais razões de atendimento primário à saúde.²

Os principais sintomas nasais são: obstrução (dificuldade de respirar), secreção nasal ou coriza, espirros, coceira no nariz ou na face e diminuição de olfato¹.

Quais são os tipos de rinite?2

 

O que causa a rinite?

Existem inúmeros fatores que podem desencadear a rinite. Dentre os principais estão os alérgenos, que são: poeira, pólen, fungos, pelos, saliva e urina de animais, alimentos e ácaros¹.

Além dos alérgenos, outras causas podem ser as mudanças climáticas, os odores fortes, poluição, ar seco e o aumento de hormônios¹.

 

Existe tratamento para rinite?

Sim. Após o especialista diagnosticar qual é o tipo da sua rinite e o que está causando essa inflamação, ele vai indicar o tratamento específico para o seu caso. 1

 

É possível se prevenir da rinite?

Sim, mantendo os ambientes da sua casa ventilados e arejados. Além disso, é necessário dar preferência para pisos que sejam laváveis e tapetes que possam ser limpos com pano úmido¹. 

Alguns itens que precisam ser evitados: camas juntas à parede, travesseiros e colchão de paina ou pena, bichos de pelúcia, livros e revistas empoeirados¹. Evite, também, limpar a casa com vassouras, espanadores e aspiradores de pó comuns. Para isso, use panos úmidos. Saiba mais sobre cuidados no ambiente 

 

O mais importante é sempre procurar um especialista, porque ele vai saber te ajudar e te guiar mediante os sintomas. Algo muito importante é não interromper o tratamento! Se você estiver tendo alguma reação, procure o seu médico.

  1. IV CONSENSO BRASILEIRO SOBRE RINITES. Brazilian Journal of Otorhinolaryngology. Disponível em: <http://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/Consenso_Rinite_9_-27-11-2017_Final.pdf>. Acesso em: 20 mar. 2019.
  2. Doenças Respiratórias Crônicas. Disponível em: <https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=581:doencas-respiratorias-cronicas&Itemid=463>. Acesso em: 13 mar. 2019

 

BR/PP/0026/19

ANTERIOR
Dermatite atópica:
PRÓXIMO
Rinite alérgica não tratada pode evoluir para um quadro mais grave
COMPARTILHE