HOME O PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA MINHA SAÚDE PERGUNTE AO ESPECIALISTA LOCALIZADOR DE FARMÁCIAS PERGUNTAS E RESPOSTAS   COMPARTILHE        
  LOGIN | CADASTRO

11/03/2021

 

 

Desde um simples resfriado até uma pneumonia grave, as infecções respiratórias são mais comuns do que imaginamos. Além de serem a terceira causa mundial de morte em adultos¹, podem desencadear outras doenças se não forem tratadas da maneira correta². É preciso ter muito cuidado e agir sempre em função da prevenção. Mas você sabe quais são as infecções respiratórias existentes? Como tratá-las e como se prevenir? Fique atento às dicas abaixo para cuidar bem da sua saúde.

Quais doenças são consideradas infecções respiratórias?

As infecções respiratórias podem ser leves e sem sequelas, mas também podem ser graves e debilitantes6.

Abaixo estão as principais:

  1. Resfriado: Apesar de frequente não é debilitante. Alguns sintomas são: coriza nasal, espirros e dor de garganta.¹
  2. Gripe: Os sintomas são febre acima de 38°C, tosse, coriza, dores pelo corpo e mal-estar generalizado.¹
  3. Pneumonia: os sintomas podem ser semelhantes ao da gripe, porém, é possível notar alguns agravantes, como febre prolongada, dor no peito e falta de ar. Os idosos podem apresentar sintomas diferentes, como ausência de febre e alterações neurológicas. Por isso, esta faixa etária merece atenção redobrada!¹
  4. Coqueluche: anteriormente acreditava-se que era uma doença que aparecia somente em crianças, mas constatou-se que também acontece em adultos e pode trazer sérias complicações. O sintoma mais comum é a tosse intensa e prolongada.¹
  5. Sinusite: é uma inflamação na face, causando congestão, dor facial, secreção nasal, mal estar e até falta de apetite.³
  6. Bronquite: é uma infecção que atinge diretamente o pulmão, que pode ser percebida pelo aumento da produção de muco, chiado no peito, tosse e expectoração mais prolongadas.4




Como evitar?


Como as doenças respiratórias são provocadas?

As infecções são provocadas por micro-organismos, podendo ser vírus, fungos ou bactérias.³ É importante descrever ao médico quais os sintomas exatos que foram manifestados para que o tratamento seja específico para a causa da infecção.

Existem tratamentos para estas doenças?

Hoje é possível tratar a maioria das infecções respiratórias e evitar danos mais graves. O primeiro passo é procurar um médico para buscar o tratamento ideal para o seu tipo de infecção. Mas lembre-se: caso o seu médico prescreva antibióticos para o seu tratamento, é muito importante que todas aas orientações sejam seguidas corretamente. Deve-se usar a dose indicada nos horários corretos e não se deve interromper o tratamento mesmo que os sintomas tenham melhorado. O uso incorreto de antibióticos pode levar à resistência não curando mais a infecção.5

Como se prevenir?

Ter hábitos saudáveis e uma alimentação balanceada, sempre lavar bem as mãos e evitar locais fechados ou aglomerações, principalmente em épocas mais frias.¹

Uma forma eficaz e segura de proteção é a vacinação. Com o avanço da ciência, hoje é possível encontrar no Sistema Único de Saúde (SUS) vacinas para prevenir algumas infecções respiratórias. Lembre-se: a prevenção é sempre o melhor caminho!

Qualquer pessoa pode ter estas infecções?


As infecções respiratórias podem acometer qualquer pessoa, mas principalmente, idosos e crianças pequenas.¹

Ainda que existam tratamentos eficazes para as infecções respiratórias, a PREVENÇÃO não deve ser deixada de lado! Portanto, em caso de sintomas, consulte seu médico e mantenha em dia sua cardeneta de vacinação.

 

Cuide de você e de quem você ama. Prevenir-se é a maior demonstração de cuidado com você mesmo e com sua saúde!

NP-BR-RS-WCNT-200001

 

  1. SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA. Infecções Respiratórias. Disponível em: Acesso em 12 dez. de 2019.

      2. G1. Infecção respiratória pode ser gatilho para problemas no coração. Disponível em: Acesso em 12 dez. de 2019


     3. HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEIN. Sinusite tem cura? Disponível em: Acesso em 13 dez. de 2019.

     4. HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEIN. Bronquite Crônica. Disponível em: Acesso em 13 dez. de 2019.

     5. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Uso de antibioticos: orientações. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2128-uso-correto-de-antibioticos Acesso em: 13 de dezembro de 2019.

     6. BIOEMFOCO. Infecções Respiratórias Agudas (IRA): Trato respiratório Superior. Disponível em: http://bioemfoco.com.br/noticia/infeccoes-respiratorias-agudas-ira-trato-respiratorio-superior/. Acesso em 13 dezembro de 2019.

     7. TUA SAUDE. Como evitar as doenças respiratórias no inverno. Disponível em https://www.tuasaude.com/como-evitar-as-doencas-respiratorias/. Acesso em 13 dezembro de 2019.

 

ANTERIOR
Dermatite: tipos mais comuns e formas de prevenção
PRÓXIMO
Enxaqueca: como descobrir se você tem?
COMPARTILHE