HOME O PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA MINHA SAÚDE LOCALIZADOR DE FARMÁCIAS PERGUNTAS E RESPOSTAS   COMPARTILHE        
  LOGIN | CADASTRO

12/07/2018

O Transtorno Depressivo Maior (TDM) é uma doença altamente impactante, que afeta como você se sente, a maneira de pensar e se comportar, causando sentimentos persistentes de tristeza e perda de interesse em atividades rotineiras. O TDM pode levar a uma variedade de problemas emocionais e também físicos. É uma doença crônica que geralmente requer tratamento em longo prazo.1

A prevalência de depressão ao longo da vida nos Estados Unidos foi estimada em 17%. Curiosamente, as taxas de prevalência variam consideravelmente entre os diferentes países. Se este é um verdadeiro reflexo da variação cultural na incidência de depressão ou se a taxa de relato e detecção de depressão difere por país, não está claro.2

De acordo com um recente relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é de longe a principal causa de incapacitação. Em uma pesquisa realizada em todo o mundo, descobriu-se que mais de 1 em cada 10 anos vividos com uma deficiência, esta estava relacionada à depressão unipolar. Este transtorno também afeta a família e os amigos e tem muitas implicações para a sociedade em termos de uso de cuidados de saúde e perda de produtividade. 2

A depressão é tipicamente uma doença recorrente e de longo prazo. Estudos mostram que mais de 40% dos pacientes que se recuperam de um episódio de depressão unipolar experimentam recorrência após 2 anos, subindo para 60% após 5 anos. Além disso, em aproximadamente um terço dos pacientes com um episódio depressivo, a depressão é crônica, com duração de pelo menos 2 anos.2

É importante ressaltar que é normal em nosso dia a dia sentir tristeza ou angústia, mas estes são geralmente momentâneos e considerados importantes por especialistas, pois nos ajudam a lidar com perdas, seja de emprego ou de entes queridos. 3 Embora compartilhem algumas características comuns, como desmotivação, por exemplo, a tristeza e a depressão possuem também aspectos diferentes importantes:1

• No dia a dia os sentimentos dolorosos vêm em ondas, já na depressão, no humor e na ideação são quase sempre negativos.1

• Na tristeza, a autoestima geralmente é preservada; no TDM, sentimentos corrosivos de inutilidade e autoaversão são comuns.1

Embora os tratamentos psicológicos de eficácia comprovada estejam disponíveis para o tratamento da depressão, a forma mais comum de tratamento em todo o mundo são os antidepressivos. Para pacientes com diagnóstico definitivo de depressão, as diretrizes de farmacoterapia defendem que o tratamento deve continuar por pelo menos 6 meses após a remissão dos sintomas, que é o desaparecimento dos sintomas.4

Caso tenham algum sintoma característico ou conheça alguém que os tenha, procure ou ajude o mesmo a procurar um especialista, para ter um diagnóstico e tratamento corretos. Não tenha vergonha ou medo de expressar o que realmente está sentindo, vivenciando ou pensando, pois esses profissionais irão se basear nestas informações para poderem prescrever um tratamento adequado para que você ou seu conhecido, a fim de recuperarem a qualidade de vida.

 

  1. AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Major Depressive Disorder and the “Bereavement Exclusion”. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2016.
  2. Montgomery, SA. et al. Understanding Depression: A Long-Term, Recurring Disorder. Journal of Clinical Psychiatry, 62(5):379-80, 2001. 
  3. EBER, R. et al. The Self-regulation of moods: second thoughts on the importance of happiness on everyday life. Psychological Inquiry, 11(3): 142-148, 2000.  
  4. WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Adherence to long-term therapies: evidence for action. 2003. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2016.

 

 

BR/BHC/0022/16 

ANTERIOR
Quais são os sintomas do transtorno bipolar?
PRÓXIMO
DEPRESSÃO: VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO.
COMPARTILHE