HOME O PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA MINHA SAÚDE PERGUNTE AO ESPECIALISTA LOCALIZADOR DE FARMÁCIAS PERGUNTAS E RESPOSTAS   COMPARTILHE          
  LOGIN | CADASTRO

18/03/2022

O planejamento, ações preventivas e o acompanhamento com o pneumologista são atividades essenciais para quem quer evitar as crises de asma no verão.1-5

É comum associarmos as crises de asma à chegada do inverno, mas os episódios da doença também podem se manifestar durante o verão.1-5

O clima quente, por exemplo, pode fazer com que as vias aéreas se estreitem, contribuindo para o surgimento de tosse e falta de ar. Já o aumento da temperatura costuma se associar a altos níveis de poluição e polens no ar.2

O que é asma?

A asma é uma doença respiratória que causa inflamação nos brônquios (tubos que transportam o ar para os pulmões), dificultando a respiração. A doença tem causa genética e é crônica, mas as crises podem ser controladas com tratamento.3

As crises podem ser induzidas por vários fatores externos, chamados de gatilhos. Mudanças de temperatura, poluição, ácaros, fumaça de cigarro, infecções virais, animais de estimação, perfumes, produtos de limpeza e razões emocionais podem fazer parte dessa lista.3,4

Alguns dos sintomas mais comuns da asma são a tosse, chiado no peito, sensação de aperto no peito e falta de ar ou dificuldade para respirar. Esses sintomas podem variar de pessoa para pessoa.5

Quais são os gatilhos mais comuns para as crises de asma no verão?

A realização de esportes ou atividades físicas pode desencadear a asma, se o paciente não seguir as recomendações do médico. Em geral, os esportes com intervalos de inatividade são mais indicados, bem como as atividades na água - desde que o local não tenha muito cloro.1

A exposição ao ar livre, em horários com altos índices de poluição, pode irritar os pulmões e ajudar a desencadear uma crise de asma. O clima muito quente ou sujeito a muitas variações também pode influenciar.1

As viagens de férias que envolvem o uso de ar condicionado são outro ponto de atenção. Para quem se hospeda em hotéis ou casa de conhecidos, é importante ficar atento aos ácaros e fungos.1

      Crises de Asma no Verão Viver Mais GSK

Como prevenir ou aliviar as crises de verão?

O uso da medicação inalatória controladora com regularidade, é uma medida que ajuda a diminuir as situações de crise. Para momentos em que a crise já se iniciou, o inalador de alívio pode ser uma alternativa estratégica.2

As visitas regulares ao médico são importantes para garantir que você está fazendo o tratamento correto para as suas condições de asma. Além disso, a percepção de qualquer piora nos sintomas, durante o verão, pode ser um bom motivo para marcar uma consulta extra.2

Outras prevenções básicas e importantes são: ingerir água com frequência, evitar exposição ao sol em horários de muito calor, usar roupa arejada para fazer exercícios físicos e tomar os medicamentos na quantidade e horário prescritos pelo pneumologista.3

Cuide da sua saúde respiratória durante a época mais quente do ano. Conte com a GSK e explore o Viver Mais para acessar outros conteúdos sobre bem-estar e qualidade de vida!

NP-BR-FPS-PSP-220001

  1. American Lung Association. Asthma in the summer. Disponível em: <https://www.lung.org/blog/asthma-in-the-summer#:~:text=Air%20pollution%2C%20hot%20and%20humid,air%20pollution%20levels%20are%20high>. Acesso em: 03 de mar. de 2022.
  2. Asthma+Lung UK. Weather as an asthma trigger. Disponível em: <https://www.asthma.org.uk/advice/triggers/weather/>. Acesso em: 03 de mar. de 2022.
  3. Governo de São Paulo. Saiba como evitar as crises de asma no verão. Disponível em: <https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/saiba-como-evitar-as-crises-de-asma-no-verao-1/>. Acesso em: 03 de mar. de 2022.
  4. Iamspe. Verão pode provocar aumento das crises de asma. Disponível em: <http://www.iamspe.sp.gov.br/verao-pode-provocar-aumento-das-crises-de-asma/>. Acesso em: 03 de mar. de 2022.
  5. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. Asma. Disponível em: <https://sbpt.org.br/portal/espaco-saude-respiratoria-asma/>. Acesso em: 03 de mar. de 2022.
ANTERIOR
Impetigo, foliculite e furunculose: conheça as causas e os sintomas
PRÓXIMO
Como viver bem com DPOC?
COMPARTILHE