HOME O PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA MINHA SAÚDE LOCALIZADOR DE FARMÁCIAS PERGUNTAS E RESPOSTAS   COMPARTILHE        
  LOGIN | CADASTRO

26/10/2018

Você teve um dia ruim no trabalho? Está irritado sem razão? É fato científico comprovado que os animais são capazes de nos fazer mais felizes.¹ E, além de colocarem sorrisos nos nossos rostos, você sabia que os animais de estimação podem contribuir para melhorar a nossa saúde?¹

 

A convivência com os pets pode contribuir não só para o bem-estar psicológico, mas também para a prevenção e tratamento de várias doenças.² Cientistas destacam, por exemplo, a melhora da imunidade de crianças e adultos, a redução dos níveis de estresse e da incidência de problemas comuns, como dor de cabeça ou resfriado.²

 

As vantagens independem da idade. Por exemplo, certas proteínas que desempenham um importante papel na regulação do sistema imunológico e das alergias, aumentam significativamente em crianças de um ano quando expostas precocemente à presença de um cão.² Esse convívio diminui a suscetibilidade dos bebês às alergias e dermatites tópicas.²

 

Além disso, há uma redução de rinites alérgicas por volta dos 4 anos e dos 6 aos 7 anos, devido à redução da imunoglobulina E, um anticorpo que quando em altas concentrações sugere um processo alérgico.² Porém, ainda há resistência de pessoas com filhos pequenos adquirirem um animal de estimação: 44% das residências que têm pelo menos um pet são de casais com filhos jovens ou adolescentes. Este número cai para 16% quando se trata de famílias com crianças até 9 anos.²

 

Mas os benefícios não se limitam às crianças. Um gesto simples pode trazer importantes efeitos ao sistema imunológico de pessoas de qualquer idade. Acariciar um cão, por exemplo, pode elevar os níveis de imunoglobulina A, um importante anticorpo que evita a proliferação viral ou bacteriana, sendo importante na prevenção de várias doenças.² Isso se deve possivelmente, ao relaxamento que o contato com o animal proporciona.²

 

Quando o assunto é o coração, segundo estudos, no ano posterior a um infarto agudo do miocárdio, um cão ou outro pet pode contribuir significativamente para a sobrevivência dos pacientes.³ No controle da pressão arterial, pesquisas também apontam benefícios. Pessoas que vivem sob estresse, tem as taxas de pressão mais baixas quando possuem animais de estimação.³

 

Não bastasse todos esses benefícios, os cães e outros pets ainda trazem outras coisas boas como:¹

- Eles aliviam o isolamento social. A ciência confirma que animais de estimação ajudam na sensação de pertencer a um meio e fazer parte de um grupo social;¹

- Eles podem ajudar a parar de fumar. Segundo estudos, 28% dos fumantes relatam que ter conhecimento dos efeitos nocivos da fumaça para seus animais, os motiva a parar;¹

- Eles podem atuar como terapeutas. A terapia assistida por animais tem sido associada à redução da ansiedade, dor e depressão em pessoas com uma variedade de problemas de saúde física e mental;¹

- Eles nos mantêm em movimento. Donos de cães têm 34% mais chance de atingir seus recomendados minutos de exercícios físicos semanais do que as pessoas que não têm cachorros.¹

 

Enfim, os pets são tudo de bom! Além de fofos e ótimas companhias, podem fazer muito bem para a nossa saúde!

REFERÊNCIAS

1 - POR ACASO. A ciência comprova: 11 vantagens que só donos de cães podem se gabar. Disponível em: . Acesso em: 03 out. 2018.

2 - UOL. Convívio com animais favorece sistema imunológico e reduz estresse. Disponível em:. Acesso em: 03 out. 2018.

3 - CLICRBS. Convívio com animais de estimação resulta em vários benefícios à saúde. Disponível em: . Acesso em: 04 out. 2018.

 

 

BR/PP/0084/18

10/2018

ANTERIOR
Cuidados importantes no ambiente para o controle da Rinite Alérgica
PRÓXIMO
HPB - prevenção é a chave para uma vida saudável
COMPARTILHE