HOME O PROGRAMA QUALIDADE DE VIDA MINHA SAÚDE LOCALIZADOR DE FARMÁCIAS PERGUNTAS E RESPOSTAS   COMPARTILHE        
  LOGIN | CADASTRO

13/07/2018

A partir dos 40 anos de idade, a próstata começa a crescer, o que é chamado de Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), um curso natural do organismo masculino. Mas depois dos 50 anos, em 80% a 90% dos homens, surgem alguns transtornos para urinar, o que pode comprometer a qualidade de vida. 1

Olha o aperto
A próstata aumentada passa a comprimir a uretra, o que causa uma obstrução no canal. Quando o problema é parcial, o homem consegue urinar, mesmo que uma pequena quantidade. Porém, como a próstata está comprimindo a uretra, o jato perde pressão, fica fraco e é interrompido. Resultado: a bexiga não se esvazia, provocando a necessidade de urinar frequentemente e sempre em poucos volumes. 2 Difícil para urinar, mas com vontade frequente. Diante dessa situação, também não é incomum ocorrer um escape de urina, antes de se conseguir chegar ao banheiro. 1


Bexiga cheia: perigo

Uma bexiga sempre cheia é sinônimo de problema, porque favorece o crescimento de bactérias que deveriam ser expelidas pela urina. Por isso, quem tem Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) costuma apresentar infecção na bexiga, mais conhecida por cistite, doença muito mais frequente entre as mulheres. 2,3 O problema causa, dentre outros sintomas, ardência ao urinar, sensação de barriga pesada e sangue na urina. 3
Além da cistite, uma bexiga cheia também torna propícia a formação de cálculos ou pedras nos rins, o que provoca a famosa cólica renal, considerada a pior dor que alguém pode sentir. 2,4

Rins em alerta

Como a próstata não para de crescer, a uretra fica cada vez mais comprimida, até o momento em que a obstrução é total, impedindo a passagem da urina. Represada, ela se acumula nas vias urinárias e provoca a dilatação dos rins, causando insuficiência renal. Quanto mais tempo os rins ficam obstruídos e repletos de urina, maiores são as lesões e a probabilidade de o homem se tornar dependente de hemodiálise. 2

Prejuízos à qualidade de vida

Os incômodos na hora de urinar, além dos riscos para a saúde da bexiga e dos rins, também acabam prejudicando o dia a dia de quem tem Hiperplasia Prostática Benigna (HPB). 5
Como o homem não consegue controlar a necessidade de ir ao banheiro constantemente, acaba mudando sua rotina. Nos casos mais graves, por exemplo, ele precisa restringir tudo o que bebe e evitar viagens longas. A urgência em urinar também prejudica a qualidade do sono, uma vez que é preciso levantar várias vezes durante a noite. No dia seguinte, é inevitável estar indisposto e cansado. 6


Uma bola de neve

Acordar cansado, indisposto, deixar de sair para se divertir, não programar uma viagem mais longa, não acompanhar reuniões de trabalho, por ter que se ausentar da sala várias vezes, deixam qualquer um bem chateado.7
Não é à toa que a doença afeta o humor e pode implicar também no casamento e na atividade sexual de quem tem HPB. 7

Mas por que sofrer?

Felizmente, não é preciso passar por tudo isso. A doença tem tratamento, que alivia os sintomas e evita ou retarda a progressão da HPB. 8 Por isso é importante, a partir dos 40 anos de idade, consultar o médico para fazer um check-up urológico. 5 Além disso, ao surgirem os sintomas, é preciso dar atenção à doença e procurar ajuda logo. Quanto mais cedo for diagnosticada, menores são os incômodos e a chance de se tornar um problema mais sério. Quando tratada, a HPB apresenta baixos índices de mortalidade. Mas quando negligenciada, a retenção de urina na bexiga causa infecção generalizada e paralisação dos rins, o que pode levar à morte. 9

Procure o urologista e siga corretamente as suas orientações. Não deixe que a HPB tire o seu sono, a sua saúde e a sua qualidade de vida. 

  1. DRAUZIO VARELLA. Principais problemas que acometem a próstata. Disponível em: http://drauziovarella.com.br/sexualidade/prostata. Acesso em: 12 dez. 2016
  2. MD.SAÚDE. Hiperplasia Benigna da Próstata. Disponível em: http://www.mdsaude.com/2011/03/hiperplasia-prostatica-benigna.html. Acesso em: 12 dez. 2016.
  3. MD.SAÚDE. Cistite: sintomas, causas e tratamento. Disponível em: http://www.mdsaude.com/2008/09/infeco-urinria.html. Acesso em: 12 dez. 2016.

 

BR/PP/0018/16

ANTERIOR
Fatores de risco para o desenvolvimento da HPB
PRÓXIMO
IMPORTÂNCIA DA ADESÃO NO TRATAMENTO DE EPILEPSIA
COMPARTILHE